Polícia

Chefe do ‘Ajeita’ foragido, ‘Boca Mole’ é preso no Ceará

Washington estava foragido

Chefe do ‘Ajeita’ foragido, ‘Boca Mole’ é preso no Ceará
Foto: Divulgação

Investigado por homicídios, tráfico de drogas, organização criminosa, além de ser foragido, integrante do Baralho do Crime e chefe da facção criminosa ‘Ajeita, Washington David Santos da Silva, o ‘Boca Mole’, como é popularmente conhecido, foi preso durante uma operação policial no Ceará, ocorrida nesta sexta-feira (7).

Dois mandados de prisão preventiva pelos crimes de homicídio qualificado, associação para o tráfico e organização criminosa foram expedidos pela Justiça do Estado da Bahia, em desfavor do criminoso, de 35 anos.

A prisão foi efetuada no município do Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza. Durante a abordagem policial, Boca Mole apresentou uma identificação falsa, e acabou sendo preso em flagrante pelo crime de uso de documento falso. O preso foi conduzido à sede da Policia Federal no Ceará onde ficará à disposição da Justiça.

Atuante em Salvador, Boca Mole já foi preso e deixou a cadeia em maio de 2020, com tornozeleira eletrônica. Não demorou muito para que fosse considerado foragido e passar a integrar o Baralho do Crime. Washington também já esteve preso no Presídio de Segurança Máxima de Serrinha. Em 2013, quando foi capturado pela polícia, chegou a ser acusado de tentativa de suborno ao oferecer R$ 100 mil para que os agente o liberassem.

A operação que prendeu Boca Mole contou com a Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Departamento Penitenciário Nacional, Secretaria de Administração Penitenciária , Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará e Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

A ação contou com apoio da PF na Bahia a partir da troca de informações de inteligência que apontavam que foragido estaria no Ceará.


Comentários:

Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.